Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MORRER MENTINDO...

Todo romance novo cheira a flores...
A doação e o amor se vão ao cume,
A doação total mata o ciúme
E ergue ali dois pedestais de amores...

Porém o tempo que tudo destrói
Também não poupa a alma dos amantes
E o coração que se alegrara antes
É o mesmo coração que agora dói...

E o que fazer diante do fracasso?
Sepulta-se de vez o antigo laço?
Ou reanima-se o velho amor?

Ambas trarão alguma consequência:
- Viver fingindo na total demência,
- Morrer mentindo que inda existe amor...

 

Nizardo Wanderley
Enviado por Nizardo Wanderley em 13/10/2007
Código do texto: T693212

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nizardo Wanderley
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
679 textos (92700 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 21:05)
Nizardo Wanderley

Site do Escritor