Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ROSA DA VIDA

Despetala-se a rosa da existência,
À medida que os anos vão passando;
Aos poucos, vão pedendo a consistência,
Ao solo caem, e o vento as vai levando.

Quantas vezes é augusta a inclemência
Do tempo, que a destrói ainda quando
Ela deslumbra cheia de imponência
Ao jardim e a roseira perfumando.

Pétala desprendida - mais um passo
Para o esplendor sublime que no espaço,
Na harmonia divina se resume!

Um dia tomba, enfim, a derradeira,
E o pedúnculo murcha na roseira,
Mas não se extingue nunca o seu perfume!

Jaubert
Enviado por Jaubert em 17/10/2007
Código do texto: T697666
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jaubert
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
158 textos (6011 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 19:17)
Jaubert