Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desejos Inconfessos

Mas o que vem matando é este meu preconceito,
Este falso moralismo,
Esta timidez que flagela a minha alma

E tu sorrateiramente aproximas
Investiga-me,
Instiga-me.

E tu não percebes, aproximo-me,
Sussurrando aos teus ouvidos...
Os meus desejos inconfessos...
Meu corpo todo tem febre.

Pelos toques das tuas mãos firmes,
Meus seios intumescidos
clamam por tua boca,
e, neste remoque, não seduzo, sou seduzida...

sol pereira
sol pereira
Enviado por sol pereira em 18/10/2007
Código do texto: T700251

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
sol pereira
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
2039 textos (143393 leituras)
4 áudios (614 audições)
30 e-livros (3805 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 01:09)
sol pereira