Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SE EU FOSSE O VENTO

SE EU FOSSE O VENTO

Se eu fosse o vento por certo levava
Para longe todas mágoas que sinto
E n’algum lugar distante despejava
Essa tristeza que, ao sorrir eu minto!

Meu coração - um imenso labirinto-
Que, às cegas eu mísero procurava
Não sentir essas dores que hoje sinto
Ao amar aquela que me enganava

E essas duras lembranças me consomem
”Saudade tu me matas, me desanimas,
Mas jamais irei desistir: eu sou homem!”

Minha vida é repleta de mil climas:
Se as tristezas são chuvas que não somem,
Ah! Os amores são sóis – E viram rimas!-
Francisco Monteiro
Enviado por Francisco Monteiro em 20/10/2007
Código do texto: T702818

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Monteiro
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 47 anos
72 textos (1998 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 11:22)
Francisco Monteiro