Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sentimentos Que Se Calam

Com os lábios dos sentimentos calados,
prendendo meu choro, minha dor, no seio d'alma,
meus olhos vertem águas que não sei de onde vem,
mas são vertidas para aliviar o peso de minhas asas.

Caio alquebrada diante das palavras,
um mero traço, um bálsamo para o coração,
devoro-as todas, tomo-as para mim,
mesmo sem saber se de fato o são.

E com elas presas dentro em minha alma,
é que parto para outras terras, ao sul de mim,
para ver minhas folhas e raízes, encontrar-me enfim.

No colo da mãe terra quero me enrolar,
em seu seio meu choro forte entregar, e com ele a dor,
sentir seu alento, seu carinhar, ouvir suas doces palavras de amor.

Maria
Enviado por Maria em 21/10/2007
Código do texto: T703526
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4727 textos (191721 leituras)
1 e-livros (113 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 08:38)
Maria

Site do Escritor