Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARÊNCIA

Na noite longa, insípida e escura
Eu saio pelas ruas a lhe procurar.
Estou solitário, carente de loucura,
De sua loucura de ser e de amar.

A insensatez conseguiu nos separar
Fazendo de nossas vidas uma tortura.
Eu sei que também vive amargura,
Que também chora e pensa voltar.

Talvez um dia... Quem sabe...
A nossa grande mágoa acabe
Fazendo prevalecer o bom senso.

Tudo que há em mim é extenso.
Até o meu amor por ti é imenso
Que às vezes meu coração não cabe.
Carlos Melgaço
Enviado por Carlos Melgaço em 22/10/2007
Código do texto: T705092

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Melgaço
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 59 anos
1147 textos (33623 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 22:11)
Carlos Melgaço