Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Li-berdade

 Era uma vez uma Li-berdade
 Que andava sem rumo pelos cantos da cidade.
 O medo de ser tomada pela lúxuria tornava-a importuna.
 
 Li-berdade era tímida
 Por isso não tinha coragem de sair reinando por ai,
 As pessoas da cidade não à deixavam existir.

 Li-berdade se trancou,
 E não queria mais sair
 Chegou o seu fim,
 Liberdade entregou-se a solidão, e por ali ficou.

 Dias depois Li-berdade acordou
 E acordou muito feliz
 Chamavam por ela, e ela atendeu ao chamado.

 Era uma vez uma Li-berdade...
 Que andava a reinar pelos cantos dos céus.
Rainhadoluar
Enviado por Rainhadoluar em 23/10/2007
Código do texto: T705748
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rainhadoluar
Curitiba - Paraná - Brasil
6 textos (118 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 14:50)
Rainhadoluar