Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO DIGA

Não diga, meu amor, que me esqueceu,
Que eu ainda sou passado pra você.
Nos momenmos tão felizes que viveu
Eu não lhe dei tanta paixão e querer!

Não diga, meu amor, que já morreu,
Que nunca mais pretende me ver.
No seu leito de loucura e prazer
Alguém já lhe amou mais que eu.

Não diga, meu amor, que sou fútil,
Que meu desejo é fugaz e inútil,
Que somente penso em conquistar.

Saiba que eu sou homem sincero,
Que eu só luto por quem venero,
Que eu nasci pra lhe querer e amar.
Carlos Melgaço
Enviado por Carlos Melgaço em 23/10/2007
Código do texto: T706427

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Melgaço
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 59 anos
1147 textos (33621 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 13:11)
Carlos Melgaço