Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RIMA FANTASIA



Se as entrelinhas da minha poesia
Pudessem um dia me denunciar...
Também eu seria “AUTOPSICOGRAFIA”
Qual à que “PESSOA”...tentou disfarçar.


Então saberiam que a nostalgia
Que move meus dias ...no meu versejar,
A bem da verdade é a mais pura alegria...
Aquela que eu nunca pude desfrutar!


Poetas não fingem!...satisfazem o apetite...
Das letras que insistem em tripudiar!
E se algum dia, pareceu que eu fingia...
Era apenas um jeito...de não me escutar!

Jamais senti dor...e esta lança pungente,
É apenas repente...duma rima a chorar!

MAVI
Enviado por MAVI em 24/10/2007
Código do texto: T707869

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
RIMA FANTASIA - MAVI
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MAVI
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
5444 textos (340860 leituras)
993 áudios (87034 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 03:38)
MAVI