Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOLIDÃO...

Em meio ao silêncio desse instante
Há uma falta de algo em meu ser
Falta do  que não tenho aqui comigo
Ou do que um dia, apenas pensei ter.

Ahh! solidão, é dor do desengano
Seu gosto é amargo e não tem jeito
Instalou-se, e bem que borbulha em mim
E agora, faz morada em meu peito!

Sigo sangrando, e vertendo esta dor
É dor imensa, que devasta meu sossêgo
Eis minh’alma, que  cansada chora,

E pra bem longe daqui quer ir embora,
No aspirar daquela  luz, no fim do escuro túnel
luz esta, da qual um dia  se perdeu.

(Janete Fernandes – 27/10/07)
JANET FERNANDES
Enviado por JANET FERNANDES em 27/10/2007
Reeditado em 27/10/2007
Código do texto: T712474

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
JANET FERNANDES
Fortaleza - Ceará - Brasil
398 textos (27344 leituras)
5 áudios (338 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/11/17 08:56)
JANET FERNANDES