Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
 
 
Dita assim o arauto do abstrato:
A causa da premissa mora no ato.
Que cotiza a fome do débil proceder.
Atiçando o arrimo no vil padecer.
 
Quando usuras turvas e premeditadas,
Resguardam da forma as artimanhas.
Restringindo da essência o tamanho,
Um último artifício o vínculo estranho.
 
Porque aqui todo subterfúgio é tênue.
E de toda idéia a rota brota do azougue,
Para produzir o azedume da sensação,
Atordoar o ritmo azoretar a emoção.
 
Aonde o capitular ao rito da norma,
Pode não persuadir um frágil coração.
 
 
Gerson F Filho
Enviado por Gerson F Filho em 28/10/2007
Código do texto: T713279
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gerson F Filho
Guarapari - Espírito Santo - Brasil, 60 anos
352 textos (8704 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 14:33)
Gerson F Filho