Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eternas Emoções


Tão bem guardadas no peito ,
Enraizadas até nas nervuras ,
Vencento o tempo do mesmo jeito ,
Na janela, mesmas doces gravuras.

E assim vamos morrer unidos
Envelhecendo os dias, os tecidos ,
Recordando passos suaves percorridos,
Do tudo, nada ficou perdido, esquecido.

Nas estrelas, no além gravados .
No sempre para todo sempre ...
Todas as emoções ,carinhos reunidos.

Reflexos de que fomos uma vida .
Espelhos da alma emoldurados em
Trilhas, sementes eternas vivas ainda.

28/10/07

Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 28/10/2007
Código do texto: T713767
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3364 textos (91826 leituras)
6 e-livros (225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 14:50)
Maria Thereza Neves