Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto á dor do amor, em mim





Quando no silêncio, saliente,
Reclamo em mim, tua voz amada,
Minh’alma, em fundos suspiros enroscada,
Chora tua ausência, tristemente

Em mim guardo, por temor, omitido,
Dor, de tão forte paixão,
Que sinto meu corpo entorpecido,
Dobrado pela própria exaustão

Inundo meu olhar em lágrima, rara,
E vejo meu coração enfraquecido,
Por albergar em si amor escondido

Possa eu aquietar mágoas, que o amor já superara,
Apregoando alto tão grande amor,
Enaltecendo-o, com inútil temor




Fátima Rodrigues
Fatima Rodrigues
Enviado por Fatima Rodrigues em 28/10/2007
Código do texto: T714026

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fatima Rodrigues
Portugal, 57 anos
459 textos (21139 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 20:51)
Fatima Rodrigues