Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REPAIXÃO

Já conheço esta coisa de ficar sem sono;
vigiar o silêncio, a sombra, o celular;
começou outra vez a falir o meu trono
de frieza; distãncia; jamais me abalar...

Meu brio já não rompe o sistema solar;
perde altura, se perde sem curral nem dono;
na verdade se quebra e não dá pra colar,
e meu ar se transforma num caos de carbono...

Só respiro saudade, nostalgia insana,
cada dia é maior do que a própria semana,
toda noite parece adentrar infinitos...

Não queria de novo acordar a loucura
da paixão incontida, sem rédea nem cura;
cometer destemperos; excessos; delitos...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 29/10/2007
Código do texto: T715217
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3107 textos (62574 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 17:59)
Demétrio Sena