Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Defendendo minha arte

Defendo minha arte com pena e tinta,
buscando sempre a perfeição formal...
"É um parto de filhas e filhas perdidas
por pensamento soltos e vãs palavras..."

Defendo minha arte com muita coragem,
pois sei o que pensam sobre meu "inutil" dom...
Não percebem que as maiores obras da humanidade
nasceu do verso e da rima: Odisséia e Iliada...

Sou poetisa, sim senhor...
Poetisa da vida, do mundo
Filha da sensibilidade!

Sou poetisa e grito isso bem alto...
Escrevo o que penso, o que vejo
Transponho moinhos de vento!

Verônica dos Santos
Enviado por Verônica dos Santos em 30/10/2007
Código do texto: T716034

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verônica dos Santos
Uberaba - Minas Gerais - Brasil, 30 anos
346 textos (24871 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 22:13)
Verônica dos Santos