Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RENÚNCIA



Renunciei  ao  mais  puro dos desejos
que  eu pensava poder existir em mim,
porém agora, ao passar o tempo, vejo
que um desejo pode ser até ruim.

O desejo que imaginava diferente
mascarava-se de uma forma usual,
mas ao pensar que eu era exigente,
via você, sempre fugindo do normal.

Mas afinal por que foge do amor
que, às vezes toma a forma de paixão
e quem consegue esfriar um sentimento?

Tão  logo  possa  entender  com exatidão,
não podes mais imaginar que nossa dor
seja ele o fruto muito amargo do amor.



30/10/07-VEM


Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 30/10/2007
Reeditado em 14/08/2008
Código do texto: T716286
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (112374 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 11:53)
Vanderleis Maia