Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Soneto da Esperança

Os nossos sonhos de amor vão e vêm,
Assim como nossas desilusões.
Os sonhos são lindos, mas são também,
Às vezes, só caprichosas visões!

As desilusões trazem a amargura
Do enterro da última quimera,
Mas é como a lágrima, que só dura
Enquanto dura o pranto que a fizera.

Assim, unidos no sorriso e pranto,
Sonhos e desilusões se repetem,
Renovando desventura e encanto.

E, enquanto em versos isso eu louvo,
Teus olhos docemente me prometem
Que já é tempo de sonhar de novo!...




Antonio Maria S Cabral
Enviado por Antonio Maria S Cabral em 30/10/2007
Reeditado em 12/10/2011
Código do texto: T716472
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Maria S Cabral
São Luís - Maranhão - Brasil
1276 textos (156946 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 15:16)
Antonio Maria S Cabral