Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha bailarina

A bailarina agora é minha filha
Que dança e balança mas não sorri
Às vezes, até parece uma ilha
Cercada de tanta gente e sozinha

Onde foi parar seu gostoso riso?
Na dor de ficar na ponta do pé?
Quem desenhou em seu rosto esse siso?
O jogo sério do etéreo balé?

Ah! Minha doce e pequena criança
Dance uma dança com riso e com fé
Faça do riso uma parte da dança

Rode e flutue, escape do chão
Brinque contente e seja feliz
Diga sim pro riso; pro siso, não

Chico Rosa
Enviado por Chico Rosa em 30/10/2007
Código do texto: T716483
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chico Rosa
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 55 anos
189 textos (8865 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 14:59)