Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BRISA E POEIRA

A liberdade que diz aspirada,
A sensação sublime de leveza,
E um novo colorido à Natureza,
Uma viagem rápida - mais nada...

Uma poeira então envenenada,
Fazendo se sentir como uma alteza,
Mas quando chega aquela correnteza,
A fantasia agora terminada...

Um desespero chega de repente,
O equilíbrio foi-se... E pela mente
As células, também, da sanidade...

Querendo ser normal, não mais consegue
Agora dança valsa, rock e reggae,
Outrora livre... Foi-se a Liberdade...

                        31/10/07
Gonçalves Reis
Enviado por Gonçalves Reis em 31/10/2007
Código do texto: T718221

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gonçalves Reis
São Paulo - São Paulo - Brasil
1155 textos (73692 leituras)
1 áudios (107 audições)
1 e-livros (51 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 02:46)
Gonçalves Reis