Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O MUNDO DO TEATRO

O MUNDO DO TEATRO

Olho-me ao espelho
E faço um compasso
Passo a mão pelo cabelo
Componho o laço.

Sinto subir o nervoso,
Tenho as pernas a tremer,
Eu o Rei Lear, vigoroso,
É algo que nunca vou vencer.

Empunho a espada,
Não pode falhar nada,
Componho o meu fato.

Faço estalar os dedos,
Tenho de afastar os medos.
Sou um artista de teatro.

Poema Dedicado ao meu Querido amigo o actor Octávio de Matos, por ocasião do seu aniversário.

FrancisFerreira
FrancisFerreira
Enviado por FrancisFerreira em 01/11/2007
Reeditado em 20/01/2008
Código do texto: T718627

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FrancisFerreira
Portugal, 58 anos
637 textos (32101 leituras)
4 áudios (101 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 06:59)
FrancisFerreira