Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ERA!





Era o vento que se elevava
Ondas de amor na alma pululavam
Como gaivotas perdidas no ar
No peito do homem apaixonado.

Eram os raios do amor chegando
Ondulados nos pensamentos calados
Embevecidos de sonhos em rosas
Batendo no peito apressado.

Verdadeira inspiração
Amor de poeta e poeta
Voando sem direção.

Era amor! Pedacinhos de flor.
Amarrados por fios de ouro
Na alma do poeta  sonhador.
luizpoetista
Enviado por luizpoetista em 01/11/2007
Código do texto: T718660
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
luizpoetista
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
1414 textos (105263 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 09:37)
luizpoetista