Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NUNCA SOUBESTE

Se nos teus olhos foi que eu senti
A grandeza de tão puro encantar
Pelo sonho de amor que não vivi
Mas, que eu não cansei de acreditar

Quis sim deixar de amar, não consegui
Se alguma vez ainda, em mim pensar
Observe que eu nunca te esqueci
Não vês que sempre é pra ti o meu cantar?

E, na depressão que por ti eu caí?
Por muitas vezes eu pensei voltar
Pra dizer que eu te amo e, desisti.

Não sei como pode me abandonar
Vê que entreguei minha vida pra ti
Mas tu, sei, nunca soubeste me amar.
Tânia Regina Voigt
Enviado por Tânia Regina Voigt em 01/11/2007
Reeditado em 13/04/2009
Código do texto: T719449

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome da autora). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Regina Voigt
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
1026 textos (48156 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 23:01)
Tânia Regina Voigt