Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
EU NÂO DEVIA

 

Só de pensar nas muitas vezes em que tive
as atenções do meu amor; que eu recebi
delicadezas, grandes gestos inclusive,
e ainda penso se isso tudo eu mereci...
 
Jamais devia abrir a boca e reclamar
que a atenção do meu amor é pouca, e sim
reconhecer que passa o tempo a me agradar;
ele faz muito! Eu sei o que ele faz por mim.
 
O meu amor acumulou mil gentilezas
e no caminho sobre flores que ele espalha,
a minha estrada se enriquece de certezas

e o  seu afeto me protege e me agasalha.
Tenho atenção e gentileza ao meu dispor
e eu não devia reclamar do meu amor...
 
nilzaazzi.blogspot.com.br
 

Nilza Azzi
Enviado por Nilza Azzi em 02/11/2007
Reeditado em 23/07/2015
Código do texto: T719827
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor Nilza Azzi ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nilza Azzi
Campinas - São Paulo - Brasil
2225 textos (383274 leituras)
27 áudios (1214 audições)
4 e-livros (385 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 02:21)
Nilza Azzi