Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CIÚMES.

Ah, confesso-te amor, é no florir
do peito e nos teus braços que eu amante
me permito sonhar por um instante
com a imensa ternura do porvir.

O meu sonho é fazer-te minha, ouvir
teus sussurros num êxtase gigante,
nadar nos teus orgasmos delirantes
deixando a vastidão do tempo agir.

Eu sei que há inseguranças que consomem,
que podem corroer o amor aos poucos,
porém estou te amando como um louco.

Amor, saibas que tens aos pés um homem
que vive inebriado em teu perfume,
e um peito adoentado por ciúmes.
Michel H Baruki
Enviado por Michel H Baruki em 03/11/2007
Código do texto: T722223

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Michel H Baruki
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
191 textos (5892 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 03:18)