Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Outro Soneto

Na aflita tarde gris de céu nublado
manchada da fuligem e fumaça,
as grades aprisionam as vidraças
no urbano paisagismo desvairado.

No trânsito caótico instaurado,
atônita, a cidade se embaraça
num vasto torvelinho que transpassa
os sinos dos ocasos profanados...

Ao coro de sirenes e buzinas,
aos poucos, a metrópole ilumina
o curso da avenida abandonada.

A noite coleciona outro soneto
enquanto tu recitas, em dueto,
os versos dos teus passos na calçada...


Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 06/11/2007
Código do texto: T726386

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (84974 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 00:36)
Vaine Darde