Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FANTASIA

Na casa tosca e pobre a mesa parca,
coração cheio e mãos sempre vazias...
fartura de ilusões e fantasias
no reino em que, soberbo, eu fui monarca!

Por sobre a areia fina dos meus dias
o tempo deslizou deixando a marca,
sulcos profundos que o meu pranto encharca
quando o passado volta em noites frias!

Como era doce a antiga brincadeira...
meu trono: um simples banco de madeira,
e de esperanças meu castelo eu fiz!

Hoje, à mercê da vida que me afronta,
já não sou mais o rei do faz-de-conta...
já não sei mais brincar de ser feliz!

      *      *      *      *      *      *
Nota: Este soneto foi vencedor, 3º lugar, entre 1.775 inscritos no “Concurso de Sonetos Vinícius de Moraes” promovido pela TV Educativa do Rio de Janeiro, canal Futura, em set. de 2003
Pedro Ornellas
Enviado por Pedro Ornellas em 07/11/2007
Código do texto: T726969

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Ornellas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 66 anos
92 textos (29922 leituras)
9 áudios (961 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 15:40)
Pedro Ornellas