Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Só netos...

Tentando com sonetos ser poeta,
eu sinto não ser muito isso que eu faço.
Vinícius e Camões são minha meta
mas antes eu desisto por cansaço,

é muita pretensão para o meu traço
ainda que minha pena seja inquieta,
a força ainda é pequena no meu braço,
ferido e machucado pela seta

do arco envergado da descrença.
Não sei se sou poeta de nascença,
pois todos os sonetos que eu escrevo

são só netos desses grandes que houveram
que são já imortais e que tiveram
nas mãos dos grandes mestres o enlevo.
     
17/11/05

Bruno Philippsen
Enviado por Bruno Philippsen em 17/11/2005
Código do texto: T72874

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Bruno Philippsen. E-mail: bruno_ph2@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bruno Philippsen
Passo Fundo - Rio Grande do Sul - Brasil, 31 anos
82 textos (5084 leituras)
2 áudios (67 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 03:54)
Bruno Philippsen