Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Simplesmente Lembranças


Uma pintura, talvez escultura da vida
Diluências de luzes ou lembranças
Sois e sombras,cores corridas,
Cinzelando,mesclando esperanças.

Cada dia uma incógnita, uma gruta
Onde o mar canta em cascatas
E as margens verdes impolutas
Escorrem das mãos encantadas.

Tudo vai passando, morrendo,mudando
Evoluindo belezas até na pedra bruta
Imagens encontrando,mundos criando.

Vendavais dos tempos, do hoje e agora,
No poente da saudade emoldurados
Velhas tristezas partem, vão embora .
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 09/11/2007
Código do texto: T729672
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3364 textos (91820 leituras)
6 e-livros (225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 08:07)
Maria Thereza Neves