Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MANTO DE TERNURA // AMOR E TERNURA (com Milla Pereira)

MANTO DE TERNURA
(Mário Roberto Guimarães)
 

Amar é mais que, simplesmente, ter vontade
De todo o tempo ter, do outro, a companhia.
É, quando juntos, ter imensa alegria
E, na distância, ser vítima da saudade...
 
Amar é mais que dividir o dia a dia,
É ter por natural a solidariedade,
Ser, um do outro, a própria liberdade,
A mão amiga, que ampara e auxilia...
 
Feliz daquele que, sinceramente, ama,
Que o seu coração dedica por inteiro,
Livre, mas envolto em manto de ternura,
 
Solto, mas atado pela paixão mais pura,
Fazendo-se, mais que amante, companheiro,
Ouvindo a alma, que pela amada clama.
 

Réplica
 
AMOR E TERNURA
(Milla Pereira)
 

O verdadeiro amor não pede para entrar
No coração que está pronto p’ra o acolher.
Espera, paciente, o instante de atender
O chamado de alguém a quem deseja amar!
 

Amar é se buscar, a todo amanhecer,
Mesmo que distante da pessoa amada,
A sutil presença da paixão desejada.
Transformar a ausência em um só querer!
 
Amar é não se intimidar se por ti chamo,
Quando se conquista a pureza que acalma,
É ter o sentimento puro, sem pecado.
 
É sentir o calor, quando se é abraçado,
É ser um só em dois de coração e alma,
É ser feliz assim, por amar como te amo!
Mario Roberto Guimarães
Enviado por Mario Roberto Guimarães em 11/11/2007
Reeditado em 11/11/2007
Código do texto: T732247
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Roberto Guimarães
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 65 anos
1956 textos (231587 leituras)
2 áudios (631 audições)
1 e-livros (650 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 02:35)
Mario Roberto Guimarães