Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REMINISCÊNCIAS

VOLTO HOJE AO ENCONTRO COM MEU PASSADO,
VENDO AS SOMBRAS QUE DEIXEI COMO RASTRO
PELOS CAMINHOS POR ONDE TENHA CAMINHADO
SOB A LUZ DOS HOLOFOTES, TAL COMO ASTRO.

                                   DEBAIXO DOS APLAUSOS OU DE APUPOS,
                                   CAMINHEI POR MUITO TEMPO SEM DESTINO,
                                   ENFRENTANDO O MARTÍRIO E OS ARRUFOS,
                                   QUE ME LEVAVAM SEMPRE AOS DESATINOS.
 
E AGORA, AO RELEMBRAR TÃO TRISTE EVENTO,
RECORDANDO COM TAMANHA CLAREVIDÊNCIA,
QUE EM MEU PASSADO VIVI TODO TORMENTO.

                                    ASSIM, ENTENDO QUE MINHA CONSCIÊNCIA
                                    LEVA-ME PELO CAMINHO DO DOCE ALENTO,
                                    DE NÃO MAIS VIVER DE REMINISCÊNCIAS.
                                   
                                   
                                 



                                                                     
bangusca
Enviado por bangusca em 11/11/2007
Reeditado em 31/01/2017
Código do texto: T732522
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
bangusca
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 70 anos
95 textos (3248 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 18:02)
bangusca