Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DA MINHA INFÂNCIA

DA MINHA INFÂNCIA

Eu permaneci parado no tempo
Observando a minha vida passar
Escrevia mil versos e, desatento
Silencioso, me pus a cismar:

O Eu menino corria contra o vento
Ah! Feliz eu vivia a brincar!
E à noite deitava-me sonolento
Sequer tinha tempo para sonhar

Porém, impiedoso o tempo avança
Destruindo meus sonhos de criança
E derrubou os castelos que eu fiz

Resta-me então uma única esperança:
A de sorrir rebuscando na lembrança
A ingenuidade do Eu menino feliz!
Francisco Monteiro
Enviado por Francisco Monteiro em 13/11/2007
Código do texto: T736209

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Monteiro
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 47 anos
72 textos (1998 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 16:08)
Francisco Monteiro