Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PUNIÇÃO

Ser amado, em meu caso, não faz bem ao ego;
esse afago me arranha e causa desencanto;
seu abraço é de cruz e seu beijo tem prego,
e me punem se falta resposta pra tanto...

Quando choro em silêncio lamento o seu pranto;
ser amado, em meu caso, é ficar tonto e cego,
pois me fere não ter o propício acalanto
para dar a quem devo, a paixão que sonego...

Gostaria de achar, bem profundo em meu ser,
o calor com que desse pra corresponder
ao amor que me amarra, exagera e faz cena...

Bem querer nuclear, coação instintiva
de quem morre por mim, pra cuidar que não viva;
ser amado, em meu caso, é cumprir uma pena...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 15/11/2007
Código do texto: T738532
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3050 textos (61794 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 22:58)
Demétrio Sena