Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Elmano no retorno a Portugal

 
Ó Gil, o que me fizeste, ingrato irmão?
Eu tão longe da minha gentil Lisboa
(no Rio, em Damão, Macau, Cantão e Goa)
e me roubaste de Gertrúria o coração?

Lutei tanto, fui soldado, fui tenente,
até doente estive em terras de Albuquerque.
Almejava sorte e glórias, mas moleque
entreguei-me à boêmia vida no Oriente.

Seguindo a rota de Camões mundo afora,
busquei riqueza e um nome ilustre em outras terras.
De que valeu? Esforço vão... foi tudo embora...

Se não tenho Gertrúria, nada importa.
"Já Bocage não sou!..." Tudo se encerra
quando a esperança está morta.
Remisson Aniceto
Enviado por Remisson Aniceto em 16/11/2007
Código do texto: T739221
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.sitedoautor.net"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Remisson Aniceto
São Paulo - São Paulo - Brasil
32 textos (2835 leituras)
1 áudios (19 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/17 21:06)
Remisson Aniceto