Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto de um Semimorto

Os colecionadores destas paisagens me enganaram
Admirei ervas daninhas como se fossem flores
Olhei a escuridão da noite e pensei várias cores
E aprendi infelizmente amor com os que nunca amaram...

Apoiei-me na espada de mentirosos defensores
Caminhei com ideais dos que nunca realizaram
E me envolvi com os conceitos dos que derramaram
As angústias - solidões - tristezas e dissabores...

Hoje penso as dores dos que sofreram pela vida
Sonharam conquistas como heróis do desconforto
E apedrejaram a própria existência indefinida...

Já não posso mais existir como um semimorto
A negritude é para quem se fez alma perdida
E a claridade é para quem tem luz no próprio corpo...

Gigio Jr (Poemas da Espiritualidade – 2005)
GigioJr
Enviado por GigioJr em 19/11/2007
Reeditado em 08/07/2008
Código do texto: T743220
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GigioJr
São Paulo - São Paulo - Brasil
562 textos (19738 leituras)
2 áudios (126 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 22:21)
GigioJr