Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PAZ

Eu nunca vou conseguir esquecer
Daquele momento em que nós brigamos
Do que te disse e que te ouvi dizer
Nós dois, só de bobos, nos machucamos.

Ah, e foi por um motivo tão pequeno...
Mas, armamos um enorme barraco!
Jogando um no outro assim, muito veneno.
Pois ninguém queria passar por fraco...

E, aos poucos foi que a paz ganhou terreno.
Já o humor coloriu o que estava opaco,
Quando teu semblante se fez ameno.

Então, o meu coração que era um caco
Riu com teu doce e, amigável aceno.
E, foi em paz que saímos do buraco!
Tânia Regina Voigt
Enviado por Tânia Regina Voigt em 20/11/2007
Reeditado em 11/04/2009
Código do texto: T744089

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome da autora). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Regina Voigt
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
1026 textos (48074 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 02:38)
Tânia Regina Voigt