Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REGANDO MEU JARDIM





Tenho flores das mais variadas no meu jardim,
Entre elas rosas, cravos, crisântemos, jasmim,
Seguir-lhes o exemplo, simples e espontâneas,
Faria de nós pessoas melhores, momentâneas.

A que se seguiria então a assiduidade colectiva,
Fazendo de nosso modo de ser esta nossa vida,
Que se havia de reger pelo gesto mais modesto,
A cada passo dado com firmeza e sem protesto.

E todos reinariam aqui, como senhores absolutos,
Clarividentes, flexíveis, inteligentes, mui resolutos,
E certos de sua gran fluência neste nosso mundo.

Soberba inútil teria seu fim, a omissão lhe seguiria,
Porque a vã mentira subtil a verdade logo suprimia
Para os confins do Universo e tudo seria fecundo…

Jorge Humberto
19/11/07






Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 21/11/2007
Código do texto: T746372
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 51 anos
2622 textos (67035 leituras)
22 áudios (940 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 02:42)
Jorge Humberto