Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto da Meia Idade

Foram os anos sim... da mocidade,
Digo para mim, sem pestanejar!
Os amigos, a escola, a rua, o lar
Ficaram acenando na saudade!

Tempos de rebeldia e liberdade,
Sorrir, cantar, descrer e desejar
O proibido, no ímpeto de amar
Ardentemente... Ah! ingenuidade.

Foram... As vidas choram juventudes,
As crianças renascem nestes dias,
Sonhos chegam e partem dos adultos...

E ao final de vivências pardas ...rudes,
Damos adeus a todas fantasias,
Cansados de enfeitar os nossos vultos.

Gigio Jr (Poemas da Meia Idade – 2005)
GigioJr
Enviado por GigioJr em 22/11/2007
Reeditado em 08/07/2008
Código do texto: T748114
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GigioJr
São Paulo - São Paulo - Brasil
562 textos (19735 leituras)
2 áudios (126 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 02:47)
GigioJr