Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto










“LÍRIO BRANCO”.

        

 

O jardim tão cobiçado...

Pelos casais da cidade,

Muitas vezes difamado

Por pura intriga e maldade.

 

Tempos bons das motonetas

Moças de saias rodadas,

Lembro minha motoca preta

Eu com a minha namorada.

 

Que diferença de agora...

Se passasse das dez horas,

Tinha que ouvir sermão.

 

Lírio branco na lapela...

Eu cheguei a casa dela,

Quando fui pedir a sua mão.







Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 22/11/2007
Código do texto: T748160
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 60 anos
3912 textos (261645 leituras)
185 áudios (36400 audições)
9 e-livros (7425 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 04:22)
Antonio Hugo

Site do Escritor