Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

688-SILVIA ARAUJO MOTTA: RENOVAÇÃO INTERIOR-Soneto Alexandrino-dodecassílabo-autobiográfico

688-SILVIA ARAUJO MOTTA: RENOVAÇÃO INTERIOR-Soneto Alexandrino-dodecassílabo-autobiográfico

Por Sílvia Araújo Motta

Soneto Clássico Alexandrino,
com rimas alternadas nos dois quartetos (abab / abab).
O 1º terceto tem a rima cdc e o quarto terceto tem a rima dcd.Sílabas fortes//tônicas// poéticas com cesura na 6ª e na 12ª sílabas.

Há tanto tempo vi// partir os meus amores!(a)//
tal qual vento passou, //cantou tristonho!(b)//
Orvalho já secou! //No galho não tem flores!(a)//
Há muito pressenti //que não terei tal sonho.(b)//

As gotas que cuspir,// amargas são de outrora,(a)//
adeus às ilusões //infindas eu suponho!(b)//
Aurora vem sorrir: //renova o sonho agora(a)//
Amar sem decepções// só Cristo ora proponho.(b)//

Senhor Jesus é Rei, //sou serva, bênção tenho!(c)//
Opera graças mil.// Digno de honras e glórias!(d)//
À luz de amor e paz,// perdão pedir eu venho.(c) //

Votos quero fazer,// ler, recontar Histórias(d)//
Sagradas , convencer // que todo o mal detenho(c)//
e mostro que crer é //louvar, cantar vitórias.(d)//

Projeto Rocha, sete de setembro de 2006.

Silvia Araujo Motta
Enviado por Silvia Araujo Motta em 23/11/2007
Reeditado em 05/01/2008
Código do texto: T748745
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Araujo Motta
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 66 anos
6911 textos (690901 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 01:05)
Silvia Araujo Motta