Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O RESPEITO QUE VOS É DEVIDO





Por mais só que pareça estar, é puro engano,
Pois que tenho sempre comigo, mano a mano
A minha companheira e meus dilectos amigos
Que em verdade e se preciso tomam partidos.

Não são amigos de fazer intrigas nem rodeios,
Pois que sabem bem separar o fim dos meios.
E minha amada é a primeira a mostrar verdade
Se em minhas vagas fantasias fujo à realidade.

Por tudo isso posso afirmar que sou bem feliz,
Que respeito quem me respeita e sou respeitado,
Nem chamo mau humor se alguém me contradiz.

E para mim todas as palavras ditas têm seu valor,
Do mais pobre de todos ao mais conceituado…
Pois fiquem sabendo que ambos têm o meu amor.

Jorge Humberto
21/11/07




Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 23/11/2007
Código do texto: T749334
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 51 anos
2622 textos (67120 leituras)
22 áudios (940 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 01:09)
Jorge Humberto