Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM AVISO! // ASSIM É O AMOR

SEM AVISO!
(Milla Pereira)

 
Esse amor que eclodiu em meu peito,
Lutando contra as adversidades.
Trazendo de novo a felicidade,
Afugentando a dor e a despeito,
 
Da solidão que em mim imperava,
Recolhi os pedaços que sobraram
De um coração que lágrimas marcaram
Devolvendo­o no lugar onde estava!
 
Mas tu, foste chegando sem aviso
E desse coração te apossaste,
Direto, até com certo mau jeito!
 
Incendiou meu solitário leito,
Com toda a ternura me amaste
E, consciente, eu perdi o siso!
 

ASSIM É O AMOR (Réplica)
(Mario Roberto Guimarães)
 
Assim é o amor, ele nos toma,
Cresce dentro em nós e faz moradia,
Reveste o coração de alegria
E ao lugar que lhe cabe, ele assoma.

Apaga as marcas da tristeza fria
E, por ter a força que se não doma,
Protege, envolvendo em redoma,
A alma amante a cada novo dia.

Sabes que ao, de ti, aproximar-me,
Feliz se fez meu peito, na certeza
De que outro amor não poderia ter,

Por seres a razão do meu viver,
A metade de mim, por natureza
E a musa inspiradora do meu carme.
Mario Roberto Guimarães
Enviado por Mario Roberto Guimarães em 26/11/2007
Código do texto: T752859
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Roberto Guimarães
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 65 anos
1956 textos (231583 leituras)
2 áudios (631 audições)
1 e-livros (650 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 18:45)
Mario Roberto Guimarães