Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEUS OLHOS TRISTES

Quando vejo esses teus olhos tão tristes,
Eu sinto que meu peito parte ao meio.
Noto a sede de vida que resistes
Nesse olhar que de tristeza é tão cheio.

Vejo neles desejos acanhados
Que escondes bem, de todos, em segredo.
Teus mistérios, como se pecados,
A condenar-te ao mais triste degredo.

Tem aqui, olhos também, agoniados,
Pois, sofrem um enorme de um receio,
Que os teus nunca os sintam enamorados

E que continues assim alheio
Dos sonhos lindos, mas não revelados
De fazer de tua vida um só recreio!
Tânia Regina Voigt
Enviado por Tânia Regina Voigt em 26/11/2007
Reeditado em 11/04/2009
Código do texto: T753748

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome da autora). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Regina Voigt
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil
1026 textos (48158 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 01:01)
Tânia Regina Voigt