Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEMENTE DE ESPERANÇA

 


 

“É tempo de amar por que nascemos,
E de pensar agora, o que fizemos

Pelo nosso semelhante, nosso irmão.”


 

(Luciano) – Pássaro das flores

 

Então já que nascemos vamos gente

Poder trazer um pouco de alegria

Um bom momento então de nostalgia

Para deixar a vida diferente?

 

Quando vier, então, incontinente

O outono que nos chega e prenuncia

O inverno da tristeza – só sorria –,

Lembrando ao menos um que foi contente...

 

É tempo de amar sem nem um medo

Amar o semelhante sem segredo

Pois disse já o sábio Salomão...

 

Ama o amigo – o nosso semelhante

Vindo à procela logo – num instante –,

Fazer-se-a na angústia o irmão...

 

                                   28/11/07

 

 

 

 

Gonçalves Reis
Enviado por Gonçalves Reis em 28/11/2007
Código do texto: T755850

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gonçalves Reis
São Paulo - São Paulo - Brasil
1155 textos (73693 leituras)
1 áudios (107 audições)
1 e-livros (51 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 05:00)
Gonçalves Reis