Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TUA CARTA

TUA CARTA

Ontem recebi vossa carta alegremente
E, depressa abri-la tomado d`alegria
De tão feliz a minh`alma sorria,
De tão ditoso, sorri insanamente!

Logo depois, fui lendo tristemente
As tuas palavras assassinas e vazias
Quando dizias que me amavas, mentias
O nosso fim anunciavas friamente!

Poucas palavras puseram fim a tudo
Meus olhos sequer criam no que liam
Lágrimas rolaram pelo meu lábio mudo

Meus pensamentos, loucos te queriam
Eu só conseguia pensar: “Que absurdo!”
Enquanto os teus -frios- me esqueciam!
Francisco Monteiro
Enviado por Francisco Monteiro em 28/11/2007
Código do texto: T756807

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Monteiro
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 47 anos
72 textos (1992 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 18:22)
Francisco Monteiro