Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR  EM  PALAVRAS  73

 

Desde a hora que despertaram-me os sentidos,

Postaram-se admirando todos os seus,

Cada instante que vinha sendo vivido

Penetrava, etéreo, e às almas espremeu.

 

Delas se fez o mais puro dos sumos,

As melhores e limpas visões de cores,

O olfato e os desconhecidos perfumes,

Angélicos sons, que como raptores,

 

Encarceraram a razão que, sem lume,

Ao ataque da paixão nos bastidores,

Cegos á falha luz, os vaga-lumes,

 

Atraídos ao ar pleno de essências e odores,

Confundiam-se ao voar, loucos e sem rumo,

Incapazes de arrazoar aos dois amores.

 

José Carlos De Gonzalez
Enviado por José Carlos De Gonzalez em 29/11/2007
Código do texto: T757311
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Áudio
AMOR EM PALAVRAS 73 - José Carlos De Gonzalez
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Carlos De Gonzalez
Itu - São Paulo - Brasil, 66 anos
556 textos (58983 leituras)
299 áudios (25507 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 00:15)
José Carlos De Gonzalez