Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AFOGO-ME EM TEUS BRAÇOS.




Sois como vinho que embriaga
Guardado na adega do amor eterno
Uva fina das noites enluaradas
Amor meu, ó minha bela!

Na videira do tempo encontrei-te
Nossos corações embriagados uniram-se
Num colóquio interminável de segredos
E na cumplicidade se apaixonaram.

O teu perfume é meu vinho
Saciador natural da minha sede
Nas horas adoráveis de carinho

Adormeço na candura das tuas palavras
Sou maluco pela doçura dos teus lábios
Inebriado afogo-me em teus braços
luizpoetista
Enviado por luizpoetista em 29/11/2007
Código do texto: T757355
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
luizpoetista
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
1414 textos (105274 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 01:09)
luizpoetista