Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
CIRANDA DAS MÃOS

"De madrugada,
quando a noite se escondia...
O sol surgia,
na janela de Maria".
(Cantiga de beira de rio)
------------------------


Um mundo lírico de Minas e Gerais,
De muitas serras e muitas cachoeiras,
Sorrisos inocentes pelos matagais,
E um coral encantado de lavadeiras.

Momentos que revelam plena poesia,
Sob os olhares atentos dos bem-te-vis,
Ciranda das mãos – batuque de bacias,
Etérea simplicidade – sonhos anis.

Um belo mundo! – estórias sem iguais,
Contidas nessa terra hospitaleira,
Bravas mulheres que escondem seus ais.

Fazem dos labores – hinos de alegria,
Enredo para se viver um pouco mais,
Na esperança que virão melhores dias.












DELEY
Enviado por DELEY em 30/11/2007
Reeditado em 01/12/2007
Código do texto: T759300

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DELEY
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
4964 textos (187804 leituras)
4 e-livros (1657 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 08:44)
DELEY