Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Último domingo

Era um domingo triste, um vento frio,
um não-sei-quê de incômodo no ar,
um chope quente, e eu, só, sinto um vazio
que não me sai da mente, o meu pensar.

Era um domingo - eu sei -  e, com seu manto,
o céu de nuvens cinza se cobria.
Em meu silêncio, em reles, vão espanto,
a minha mente se mantém vazia...

Era um domingo, eu sei, mas o meu mundo,
ingrato mundo, ainda não deu conta
e não me fez curtir o sol tão quente.

E num domingo belo, eu, vagabundo
errante em pensamento, emito um som,
talvez o som final de um ser vivente...

30/11/2007
22h40min.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 30/11/2007
Código do texto: T760004
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulo Camelo - www.camelo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 69 anos
912 textos (266149 leituras)
36 áudios (10822 audições)
6 e-livros (1915 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 19:11)
Paulo Camelo

Site do Escritor