Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LAMPEJOS DE SAUDADE

Olho distante, muito além do horizonte,
Buscando belas imagens da minha cidade,
Lembranças marcantes da minha mocidade
Quando eu vivia feliz na pacata Belmonte.

Grandes amigos de infância sem vaidade
Lá ficaram nutrindo somente de tua fonte,
Fonte em cada rua, casa, quintal e ponte,
Fonte de inspiração para toda eternidade.

Espero, brevemente, ter a doce felicidade
De rever sua boa gente, andar à vontade
E acalentar a angústia do meu coração.

Companheiros, perdoem-me a indiscrição!
Não sou louco, hipócrita nem fanfarrão
São apenas lampejos da minha saudade.


Dedicado à minha terra querida: Belmonte.
Carlos Melgaço
Enviado por Carlos Melgaço em 01/12/2007
Código do texto: T760760

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Melgaço
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 59 anos
1148 textos (33641 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 19:22)
Carlos Melgaço