Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Castanhos Azuis

Não quero tudo que é teu
Mas quero teu tudo, eu
Sem pressa para tudo provar
Porém desesperado do meu pensar.

Livre, é assim que queres ser
Sem cadeias é o amor que quero ter
Em meus braços teu corpo aninhar
Ser teu berço seguro de ninar.

Sonhos e sinas heis de sentir
Em nossos beijos serenos
De pernas tremendo querendo cair.

E os teus azuis e os castanhos meus
Uníssonos brilharão à alegria
Desta dádiva ímpar, presente de Deus.
Profeta dos Sonhos
Enviado por Profeta dos Sonhos em 04/12/2007
Código do texto: T763877

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Profeta dos Sonhos
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 41 anos
65 textos (3151 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 10:21)
Profeta dos Sonhos